Após fiasco em pesquisa, MBL anuncia que abandonou Sergio Moro e Lula pode vencer no primeiro turno

O Movimento Brasil Livre, o MBL, esperou sair a pesquisa Quaest/Genial para anunciar que abandonou o pré-candidato do Podemos, Sergio Moro, na disputa pela Presidência.

Moro derrete em praça pública. Está sendo abandonado por muitos que se diziam seu “amigo para sempre”.

O MBL abandonou na estrada o ex-juiz da Lava Jato quando ele definhou para 6% nas intenções de voto, segundo o levantamento da Quaest divulgado na quarta-feira (16/03).

Moro foi ultrapassado numericamente pelo ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), que agora tem 7%.

O fiasco de Moro e Ciro na pesquisa significa que a “terceira via” não prosperou como torcia parte da velha mídia corporativa.

O MBL utilizou o caso Arthur do Val, o Mamãe Falei, como pretexto para pular fora do barco furado de Sergio Moro.

Além do misógino e sexista Mamãe Falei, os deputados Kim Kataguiri e Rubinho Nunes também deixaram o pré-candidato do Podemos para trás.

De acordo com o MBL, a pré-candidatura de Moro não passou de um sonho de verão.

Se levarmos a cabo a pesquisa da Quaest/Genial, num ambiente polarizado, as pré-candidaturas de Moro e Ciro, hoje, ajudarão tacitamente o presidente Jair Bolsonaro (PL) chegar ao segundo turno das eleições presidenciais de 2022.

Nessa sondagem em tela, Lula (PT) pode vencer no primeiro turno numa disputa polarizada com Bolsonaro.

Por Blog do Esmael

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.