‘Decepção’ e ‘vergonha’ são os sentimentos mais associados ao governo Bolsonaro, mostra Quaest

‘O governo é sinônimo de vergonha para eleitores de Lula e de decepção para eleitores de Moro e Doria’, diz o diretor da Quaest

Pesquisa Quaest, patrocinada pelo Banco Genial, mostra que “decepção” é o sentimento mais associado (36%) ao governo Jair Bolsonaro (PL), de acordo com o Estado de S. Paulo. O levantamento mapeou o sentimento da população em relação à gestão federal.

“Vergonha” (30%) e “desapontamento” (19%) aparecem na sequência entre os sentimentos negativos.

Entrevistados listaram, entre os sentimentos positivos, “esperança” (28%), “confiança” (14%) e “admiração” (13%).

O governo Bolsonaro é sinônimo de vergonha para os eleitores de Lula, sinônimo de decepção para eleitores do Moro e do Doria, e sinônimo de otimismo e esperança para os eleitores de Bolsonaro. Sentimentos divergentes, que vão do otimismo eleitoral à frustração de quem acreditou no projeto”, explica Felipe Nunes, cientista político e diretor da Quaest.
A pesquisa ouviu 2 mil pessoas em todo o país no início de fevereiro.
Brasil 247

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.