Moro criou uma empresa de fachada, aponta Tacla Duran

Nota fiscal de R$ 811 mil emitida pela empresa do ex-juiz suspeito, que não tem funcionários, foi a número sete apenas

247 – O advogado Rodrigo Tacla Duran, que reside na Espanha e denunciou ter sido alvo de chantagem por parte do advogado Carlos Zucolotto, ligado ao ex-juiz suspeito Sergio Moro, avalia que o candidato a presidente do Podemos criou uma empresa de fachada para receber recursos da consultoria estadunidense Alvarez & Marsal, que ganhou milhões das construtoras quebradas por Moro na Lava Jato. Tacla Duran desta que a nota fiscal de R$ 811 mil emitida pela empresa do ex-juiz suspeito, que não tem funcionários, foi a número sete apenas – o que seria um claro indício de que Moro teria sido pago sem trabalhar. Além do conflito de interesses, o ex-juiz também está sendo investigado por sonegação fiscal. Confira o post de Tacla Duran:

Fontes: Pensar Piaui e Brasil247

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.