Deputado militar e bolsonarista Johny Paixão é chefe de quadrilha, segundo investigação

OPERAÇÃO O CHAMADO – Entenda os detalhes da investigação que foca deputado estadual de Rondônia- ex-Chefe da Casa Civil de Ivo Cassol também está envolvido

PORTO VELHO (RO)-A TV Allamanda SBT obteve acesso com exclusividade à decisão judicial do desembargador Glodner Luiz Pauleto, do Tribunal de Justiça do Estado de de Rondônia, que autorizou 32 mandados de busca e apreensão contra o deputado estadual bolsonarista Jhony Pedro da Paixão (PSL) e pessoas ligadas a ele. O fatos vieram à tona com a operação O chamado, desencadeada na manhã da última sexta-feira, dia 14, que contou com a participação de quase 15º policiais. A decisão judicial mostra uma robusta investigação da Polícia Civil de Rondônia, onde foram ouvidos ex-assessores, cruzados dados do Conselho Administrativo Federal – COAF – que informando movimentação financeira estranha do deputado e de assessores, a existência de um contrato de gaveta na compra de uma caminhonete pertencente ao deputado, de forma a permitir aluga-la por quase 10 mil Mês à Assembleia Legislativa, um esquema de direcionamento de licitações e a prática de rachadinhas.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.