AGULHAS NEGRAS- Ministério Público Federal abre investigação contra coronel que era responsável por licitações

Na instauração, são apontadas irregularidades na adesão a pregões e dispensa de licitações enquanto o coronel chefiava a Logística.

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro abriu na última semana três investigações contra o coronel do Exército José Rozário Araújo Monti, ex-chefe da divisão de Logística da Academia Militar das Agulhas Negras.

De acordo com Radar, de Veja, a Procuradoria vê indícios de improbidade administrativa.

Araújo Monti já era alvo de ação penal na Justiça Militar pelo crime correlato de corrupção passiva militar. Os processos deram origem, agora, à abertura dos inquéritos no MPF, determinada pela procuradora da República em Resende Izabella Marinho Brant.

Na instauração, são apontadas irregularidades na adesão a pregões e dispensa de licitações enquanto o coronel chefiava a Logística da Aman.

Fonte: Agenda do Poder e Radar Veja

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.