Escola Gaviões da Fiel lança samba enredo com o tema “Basta” em protesto contra o governo Bolsonaro

Essa obra é resultado da junção dos sambas 12 e 15 – campeões do concurso de samba-enredo dos Gaviões deste ano. Os compositores são: Grandão, Sukata, Jairo Roizen, Morganti, Guinê, Xérem, Claudio Gladiador, Ribeirinho, Claudinho, Meiners, Japonês da Moóca, Julhyan, Luciano Costa, Felipe Yaw, Marcelo Adnet, Fadico, Júnior Fionda, Lequinho, Fábio Palácio (Mentirinha), Leonel Querino, Altemir Magrão, Marcelo Valente, Sandro Lima e Rodrigo Dias.

Carnaval 2021/2022

Com o título “Basta!”, a escola levará para a avenida uma crítica social sobre temas que estão em debate no cenário atual do país e do mundo. O projeto assinado pelo carnavalesco Paulo Barros (@paulobarros62) vai retratar na avenida os diversos problemas sociais enfrentados pela sociedade.

Sou eu, o filho dessa pátria-mãe hostil
Herdeiro da senzala Brasil
Refém da maculada inquisição
Axé meu irmão!
O pai de mais um João e de mais um Miguel
Na mira da cega justiça que enxerga o negro como réu
Sou eu o clamor da favela
O canto da aldeia, a fome do gueto
Meu punho é luz de Mandela
No samba o levante do novo Soweto
Cacique Raoni da minha gente
Guerreiro gavião, presente!

Essa terra é de quem tem mais
Conquistada através da dor
As migalhas que você me oferece
Só aumentam minha força pra mostrar o meu valor

Meu lugar de fala, a voz destemida
Cabeça erguida por nossos direitos
Quando o fascismo do asfalto
É opressor à militância por respeito
O ventre das mazelas sociais
Ante ao preconceito vai se libertar
Vidas negras nos importam
O grito da mulher não vão calar
Meu gavião chegou o dia da revolução
Onde a democracia desse meu Brasil
Faça o amor cantar mais alto que o fuzil

Escute o meu clamor
Oh, pátria amada
É hora da luta sair do papel
Basta é o grito que embala o povo
Eu sou Gaviões, sou a voz da fiel

Composição: Grandão / Sukata / Jairo Roizen / Morganti / Guine / Xerém

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.